Tem Destaque Vôlei de Praia

Maringaenses representam o Brasil na Argentina

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Por Gustavo Fuzario / Redação Tem Esporte –    

Coordenador da Associação Maringaense de Vôlei de Praia, o professor Robson Xavier está na Argentina à frente das seleções brasileiras sub-19 e sub-21 nos Jogos de Verão da Juventude 2018.

A competição internacional é muito tradicional e segue a linha dos Jogos Olímpicos. De 6 a 18 deste mês os jogos serão disputados nas Américas. Vale destacar que essa é a primeira vez que as disputas acontecem no hemisfério sul e também durante a primavera.

Três maringaenses representam o Brasil no evento, tendo à frente o técnico de vôlei, Robson Xavier, desde 2015 sendo escalado pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), embarcou para a Argentina com os atletas João Pedro Moreira e Daniel Zuliani.

“É uma oportunidade ímpar tanto para mim quanto para o João Pedro e o Gabriel, já que, por uma questão de idade, na próxima edição dos Jogos, daqui quatro anos, eles já não poderão mais participar, mas talvez já estejam na seleção que disputará as olimpíadas”, explica o técnico. “Um dos objetivos dos Jogos da Juventude é formar atletas para representar o País nos Jogos Olímpicos”.

Os dois atletas fizeram toda a preparação na Vila Olímpica de Maringá e, na visão do técnico, podem trazer bons resultados da Argentina. “Eles são altos, estão em perfeitas condições físicas e bem preparados. Além disso, são jogadores com experiência em competições internacionais”, diz.

Representar o País é uma oportunidade que enche de orgulho Xavier e sua dupla, mas com uma grande responsabilidade. “Esperamos corresponder à expectativa, mas se obtivermos um bom resultado, ele não será só dos jogadores e meu, mas de todos que de alguma forma contribuíram para isto”. Ele se refere ao apoio que receberam da prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer, academias, nutricionistas, instituições – entre elas o Convention Bureau – e outros que colaboraram com a preparação da equipe. “Sem essa turma de especialista multidisciplinares é impossível ter atletas com tal gabarito”

Com Assessoria de Imprensa – Maringá e Região Convention & Visitors Bureau

Comentários

comentários