Superliga Masculina

Só um ‘milgare’ salva Copel Telecom do rebaixamento na Superliga

Oposto Bisset foi o destaque do jogo, com 14 pontos. Foto: Orlando Bento/MinasTC

Redação Tem Esporte –

O Copel Telecom Maringá Vôlei voltou a mostrar empenho dentro de quadra, teve um bom começo de jogo, mas foi superado neste sábado (3/3) pelo Minas Tênis Clube. A partida pela nona rodada do returno da Superliga Cimed Masculina de Vôlei 2017/18 foi fechada com parciais de 25/22, 19/25, 20/25 e 16/25. Com o placar, o time de Maringá segue na última colocação do campeonato com sete pontos e depende de um “milagre” para escapar do rebaixamento.

Para se manter na elite, a equipe de Ricardinho e companhia tem que vencer os dois jogos que restam e torcer para tropeços de JF Vôlei e Juiz de Fora, além de, mesmo assim, ainda depender de ter um melhor desempenho em critérios de desempate (número de vitórias, sets average, pontos average e confronto direto).

A equipe maringaense conseguiu um bom desempenho na recepção no set inicial, mesmo com os potentes saques do oposto F. Roque, do Minas, o que resultou em viradas de bola. O bloqueio funcionou bem em alguns momentos. O time maringaense ficou atrás do placar até a metade do set, recuperou-se e fechou a parcial que teve duração de 27m16s.

No segundo set, o Minas chegou a abrir 10 pontos de vantagem, que depois foi diminuída. O set terminou com tempo de 28m08s. O Minas voltou a impor um ritmo de jogo mais intenso e venceu o terceiro set, com duração de 27m25s, e o último, com tempo de 15m10s

A torcida empurrou o time o tempo todo no Chico Neto. O maior pontuador do Copel Telecom Maringá Vôlei foi o ponteiro Ialisson. Dono de 14 pontos, o oposto Bisset foi eleito o melhor da partida. O cubano ficou com o troféu Viva Vôlei.

“Os nossos começos de segundo e terceiro sets não foram bons. Mas agora é trabalhar forte de novo para o próximo jogo. Precisamos da vitória e ela virá”, disse o técnico Alessandro Fadul.

A próxima partida do Copel Telecom Maringá Vôlei na Superliga será no dia 10 de março, às 19h30, contra o Montes Claros Vôlei, em Contagem (MG); e na última rodada da fase classificatória da competição, o adversário será o Vôlei Renata, dia 17, às 21h30, no Chico Neto.

Com assessoria.

Comentários

comentários