Associação de Atletismo Atletismo

Atleta do decatlo é esperança de medalhas em 2018

Luiz Henrique Dantas Santos encerrou 2017 em 3º lugar no ranking Sub-20 da Confederação Brasileira de Atletismo. Foto: Facebook

Redação Tem Esporte –

Luiz Henrique Dantas Santos, de 19 anos, inicia 2018 como forte candidato a trazer medalhas para o esporte maringaense. Atleta da Associação de Atletismo de Maringá (AAM), ele encerrou o ano com resultados importantes no decatlo, que lhe renderam o terceiro lugar no ranking Sub-20 da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) – ele ficou atrás somente de dois competidores de São Bernardo do Campo.

No 51º Campeonato Paranaense Caixa de Atletismo Sub-20, por exemplo, realizado em março de 2017 em Maringá, Luiz ficou com o ouro no decatlo, mesmo resultado obtido na edição do ano passado dos Jogos Abertos do Paraná (JAPs).

De acordo com a CBAt, a origem do decatlo está na Grécia. O povo grego, sempre buscando a perfeição absoluta ou a procura do atleta completo, criou em 708 AC uma fórmula de competição que permitisse aos campeões menos dotados numa disciplina mostrar, num programa mais complexo, as suas possibilidades.

E assim criaram o Pentathlon (de penta = 5), que consistia na corrida do “stadion” (mais ou menos 200 metros), salto em distância, lançamentos do disco e do dardo e, ainda, um determinado tipo de luta.

Na segunda metade do século XIX, começaram a disputar, na Inglaterra, Irlanda e Países Baixos, algumas competições de provas múltiplas de diversos tipos.

No final do século, nos EUA, foi disputado um “torneio do atleta completo”, que consistia das seguintes provas: 100 jardas – peso – altura – 880 jardas – marcha – martelo – vara – 120 jardas com barreiras – peso de 56 libras – distância – milha.

Em 1912, sob proposta da Suécia, o Comitê Olímpico Internacional (COI) resolveu incluir no programa o Decatlo como conhecemos hoje, sendo o primeiro dia dedicado aos 100m, distância, peso, altura e 400m; e o segundo dia ao 110m com barreiras, disco, vara, dardo e, finalmente, os 1.500m.

Com assessorias.

Comentários

comentários