Futebol

Maringá Futebol Clube anuncia novo treinador

A carreira de Edemar Antônio Picoli, não é longa, mas por onde passou o técnico se destacou. (Foto: Divulgação)
A carreira de Edemar Antônio Picoli, não é longa, mas por onde passou o técnico se destacou. (Foto: Divulgação)

Por Gustavo Fuzario – Com Assessoria de Imprensa / MFC – 

Edemar Antônio Picoli foi anunciado na manhã desta quinta-feira (02) como novo técnico do Maringá FC e comandará o tricolor no Campeonato Paranaense e Série D de 2019.

Com passagens por Juventude, Caxias, Ferroviária, Operário, Capivariano e Brusque, o ex-jogador e agora treinador, chega com contrato até dezembro de 2019 com o objetivo de comandar a equipe no Campeonato Paranaense e no Brasileiro da Série D do próximo ano.

Picoli também foi jogador, e atuou em várias equipes do futebol brasileiro, como Coritiba, Juventude, Fortaleza e encerrou sua carreira na China em 2009 no Eastern Football Team. Após aposentar as chuteiras, Picoli investiu nos estudos para se tornar treinador e, recentemente, conquistou a licença A de treinadores da CBF.

Segundo o diretor de futebol, Paulo Regini, a escolha foi definida pelo bom currículo do treinador, boas referências e pela capacitação técnica em aprimorar seus conhecimentos no futebol. “O Picoli é um treinador que eu já venho acompanhando faz tempo, é um nome que sempre pensei e a negociação foi rápida, ele veio a Maringá na semana passada, apresentei o projeto e a estrutura do clube e ontem (1), chegamos a um acordo e hoje acertamos o contrato”, explicou Regini.

Para ele, o treinador chega com uma linha de trabalho diferente do ex-técnico, Fernando Marchiori. “O Picoli é um treinador que tem a escola gaúcha como metodologia, é diferente do Fernando, do próprio Claudemir, ele é mais sério, mais firme e também muito trabalhador, como os outros que também passaram por aqui”, disse o diretor.

Para o treinador, a oportunidade é muito boa e encaixou com suas expectativas na carreira. “Quando recebi o convite do Maringá foi muito interessante e a negociação foi direta e objetiva. Acredito que quando há transparência e interesse de ambas as partes as coisas acontecem. Eu chego com muita alegria, muita satisfação e em breve estarei em Maringá para ajustar algumas situações já com o Paulinho”, comemorou Picoli.

Segundo ele, o convite veio em um bom momento, já que no primeiro semestre o treinador se dedicou aos estudos. “Nesse primeiro semestre resolvi não treinar mais nenhuma outra equipe após meu último clube (Brusque), para me dedicar aos estudos e capacitação da licença A da CBF. Então agora, esse novo projeto e esse convite vieram em um momento muito importante da minha carreira, porque encaixou com a ideia que eu pudesse concluir essa etapa de preparação e dar início ao novo ano em um clube com credibilidade”, explicou o treinador.

A apresentação oficial do novo comandante ainda não tem data definida, mas deve ocorrer no início de setembro em Maringá. “Ele está terminando alguns cursos e vamos aguardar essas definições para marcar a sua apresentação oficial aqui no clube. É um treinador que gosto muito que tem o estilo do futebol gaúcho e podemos esperar um time muito guerreiro em campo”, disse o presidente João Regini.

A programação do clube é que a pré-temporada comece em novembro, já com a nova comissão técnica e boa parte do elenco.

Comentários

comentários