Futebol

Marchiori deixa o Maringá Futebol Clube

Marchiori não comandará a equipe em 2019
Marchiori não comandará a equipe em 2019

Por Gustavo Fuzario – com Assessoria de Imprensa MFC –

Até logo, professor! Após um ano e 11 meses no comando técnico do Maringá Futebol Clube em sua segunda passagem, o técnico Fernando Marchiori deixa a equipe. Em reunião com a diretoria nessa sexta-feira (20) pela manhã, no centro de treinamento do clube, ambas as partes não chegaram a um acordo e o treinador não irá renovar o contrato proposto para a temporada 2019, quando o Maringá FC irá disputar o Campeonato Paranaense e o Brasileiro Série D.

Fernando Marchiori foi o técnico que mais conquistou títulos em sua história do MFC. Ao todo foram três taças em cinco campeonatos disputados, sendo a primeira em 2015 quando conquistou a Taça FPF, em sua primeira passagem pela equipe, e as outras duas em 2017 garantindo o Campeonato Paranaense da segunda divisão e o bicampeonato da “Copinha”, como é conhecida a Taça FPF. Seu aproveitamento total foi de 64%, com 34 vitórias, 15 empates e 12 derrotas em 61 jogos no comando tricolor. Além disso, o treinador conquistou o acesso para a Série D de 2016, 2018 e 2019.

Segundo ele, foi uma decisão difícil, mas as portas ficaram abertas para um retorno no futuro. “Precisávamos definir a situação logo e hoje sentamos para conversamos e infelizmente não chegamos a um acordo. Foi uma decisão muito difícil de ser tomada, mas para o momento penso que é a mais acertada. O Maringá Futebol Clube está se reestruturando novamente e fico muito feliz em saber que fiz parte disso. É uma equipe sensacional com excelentes pessoas no comando e que tem tudo para alcançar grandes voos. Aqui fiz amigos e que vou levar para toda minha vida, Sem dúvida as portas ficaram abertas para quem sabe um dia poder voltar”, disse Marchiori.

Para o diretor de futebol, Paulo Regini, o treinador já está marcado na história do clube. “O Fernando foi um grande profissional no período que esteve à frente da equipe. Foi peça fundamental nessa reestruturação do clube. Infelizmente não chegamos a um acordo e agora vamos trabalhar para buscar um novo treinador para a próxima temporada. Temos que agradecer também ao Genilson (auxiliar) e ao Hamilton (preparador físico), que foram muito importantes e se dedicaram muito quando estiveram conosco. Ainda não temos nomes, vamos começar a pensar, com calma, a partir de agora”, explicou Regini.

Além do técnico Fernando Marchiori, o auxiliar Genilson França, o preparador físico Hamilton Faria também se desligaram do clube. A nova comissão técnica será montada juntamente com a definição do novo treinador.

Comentários

comentários