Futebol

Estádio Willie Davids vai ganhar gramado novo

Estádio já havia recebido melhorias antes do Campeonato Paranaense. Fonte: Prefeitura de Maringá

A Prefeitura de Maringá definiu, em licitação, a contratação de uma empresa para executar serviços de revitalização no gramado do Estádio Willie Davids e de outros cinco campos de futebol da cidade.

A licitação no valor de R$ 232,4 mil visa à aquisição de placas retangulares de gramas do tipo Bermuda e Mato Grosso, além do fornecimento de todos os materiais necessários para a execução do trabalho.

De ciclo de vida longo, adaptação fácil ao clima tropical, crescimento acelerado, melhor resistência a pisoteio e originária das Ilhas Bermudas, localizadas na África, a grama do tipo Bermuda será utilizada na revitalização do gramado do Estádio Willie Davids.

Já a grama do tipo Mato Grosso – mais rústica e resistente à estiagem – será usada na revitalização dos campos de futebol do Brinco da Vila, Jardim Alvorada, Miosótis e dos distritos de Iguatemi e Floriano.

De acordo com o diretor administrativo da Secretaria de Esportes e Lazer (Sesp), Marco Aurélio Saldanha da Rocha, nos próximos dias serão abertos os envelopes das empresas inscritas para participar da licitação no valor de R$ 1,7 milhão para execução de obras de reforma de cabines e banheiros do Estádio Willie Davids. “As readequações necessárias vão atender as exigências feitas pelo Corpo de Bombeiros, especialmente nas escadas espirais que estão fora das medidas corretas de acessibilidade”, observa o diretor.

Também no próximo mês deverá ser licitada a contratação de uma empresa do setor elétrico para executar melhorias no sistema de iluminação do Estádio Willie Davids e instalação de refletores nas outras cinco praças de esporte do município.

“Além de caras e antiquadas, as atuais lâmpadas de vapor de sódio deverão ser substituídas por LEDs, que têm durabilidade maior, consomem menos energia e oferecem maior luminosidade”, explica Marco Aurélio – ex-goleiro de futebol, que obteve destaque nacional ao defender a equipe do Flamengo no final dos anos 70.

A instalação do mesmo sistema de iluminação nos outros cinco campos de futebol também ficará por conta da empresa fornecedora de materiais elétricos, enquanto os trabalhos de mão de obra serão executados por equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Semusp).

Um protótipo para testar o novo sistema já começa a ser instalado no campo do Brinco da Vila para, em seguida, o método ser aplicado nos demais estádios.

Para o secretário de Esportes e Lazer, Valmir Fassina, a iniciativa atende à determinação da gestão municipal de melhorar a estrutura das praças esportivas dos bairros e distritos. “O que se quer é descentralizar as atividades esportivas, de recreação e lazer. Procuramos levar a mesma boa estrutura encontrada na Vila Olímpica também para perto das comunidades dos bairros e distritos, o que serve de estímulo e incentivo ao descobrimento de novos valores também na área do esporte no município”, conclui.

Por diretoria de comunicação / PMM

Comentários

comentários